Amil é condenada a indenizar paciente por negar cirurgia

A Assistência Médica Internacional Ltda. (Amil) foi condenada a pagar R$ 20 mil de indenização material e moral para paciente que teve cirurgia negada. A decisão é da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Segundo o relator do caso, desembargador Francisco Pedrosa Teixeira, “a recusa indevida da operadora do plano de […]

Paciente será indenizado por gaze esquecida em cirurgia

A 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu que um hospital indenizará paciente que teve gaze esquecida no abdômen. O valor pelos danos morais e materiais foi fixado em R$35 mil. Segundo o processo, em 2004 o autor passou por uma cirurgia devido à esofagite. Passado dois anos, ao[…..]

Central Nacional Unimed é obrigada a cobrir cirurgia de paciente oriunda da Unimed Paulistana

Como se sabe, recentemente a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a alienação compulsória da carteira de clientes da Unimed Paulistana para outras operadoras. Com isso, milhares de beneficiários da Unimed Paulistana vem sendo obrigados a mudar de planos de saúde. Uma dessas beneficiárias, portadora de câncer de mama, vinha se tratando desde Dezembro[…..]

Justiça condena Amil a cobrir tratamento cirúrgico para obesidade

A Justiça de São Paulo condenou a Amil Assistência Médica Internacional a cobrir todas as despesas relacionadas ao tratamento cirúrgico de uma paciente que padecia de obesidade mórbida. O convênio havia se negado a autorizar o procedimento de septação gástrica por videolaparoscopia alegando que o procedimento não seria de cobertura obrigatória pelo rol da ANS.[…..]

Paciente com obesidade mórbida que teve cirurgia negada será indenizada

Uma paciente com obesidade mórbida que teve negada a realização de cirurgia bariátrica será indenizada por seu plano de saúde em R$ 15 mil. A decisão é da 6ª Câmara de Direito Civil do TJ e confirma sentença da comarca da Capital. A empresa havia negado a intervenção por entender não presentes os requisitos necessários[…..]

Plano de saúde é obrigado a cobrir cirurgia de reconstrução de mamas

A juíza da 11ª Vara Cível de Belo Horizonte, Cláudia Aparecida Coimbra Alves, condenou a Unimed-BH a pagar o procedimento de reconstrução mamária de uma paciente, além de indenização por danos morais calculada em R$ 3 mil. Após o plano de saúde negar-lhe a implantação de prótese em 2013, a aposentada M.L.C. necessitou de liminar[…..]

Plano de saúde não pode negar cirurgia para obesidade mórbida

A 4ª Câmara de Direito Civil do TJ majorou de R$ 5 mil para R$ 10 mil o valor da indenização por danos morais a que foi condenada uma operadora de plano de saúde, em favor de consumidora que teve negado o direito de realizar cirurgia de gastroplastia por videolaparoscopia, para combate de obesidade mórbida.[…..]

Intermédica indenizará paciente que teve que ser operada pelo SUS

RIO – O Juizado Especial Cível da Comarca de Niterói condenou a Intermédica Sistema de Saúde a pagar R$ 20 mil, em danos morais, a uma beneficiária. Ela teve o pedido de autorização para uma cirurgia de fígado negado e acabou sendo operada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Juiz Alexandre Chini Neto considerou[…..]

Justiça determina que convênio autorize cirurgia para tratamento de obesidade

A paciente S.R.M teve indicada a realização de procedimento cirúrgico para tratamento de quadro de obesidade mórbida grau III. Embora tenha passado em consulta com diversos especialistas que indicaram o procedimento, tais como psicólogo, endocrinologista, nutricionista, cardiologista e cirurgião, seu plano de saúde negou a autorização alegando que a paciente não preencheria as diretrizes para[…..]