Plano de Saúde Cobre Vasectomia?


Uma dúvida relativamente comum dos pacientes é se o Plano de Saúde Cobre Vasectomia. Com o objetivo de esclarecer esta questão de uma forma definitiva, hoje vamos te contar tudo sobre a Cobertura de Vasectomia por Planos de Saúde. Confira:

O que é Vasectomia?

Antes de discutirmos se o Plano de Saúde Cobre a Vasectomia, é importante saber o que, exatamente, é

este procedimento.

A Vasectomia pode ser considerada um método contraceptivo. Normalmente é indicada para homens acima dos 30 anos que já possuem filhos. A Vasectomia pode ser uma boa opção para casais que querem abandonar o uso de preservativos e/ou anticoncepcionais.

A Cirurgia de Vasectomia é um procedimento rápido e com anestesia local, onde o canal responsável por levar os espermatozoides é cortado. Por ser um procedimento rápido, não há necessidade de internação e o tratamento pós operatório é considerado tranquilo pela classe médica.

Plano de Saúde Cobre Vasectomia?

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão responsável por regulamentar os Planos de Saúde. A Agência edita a cada dois anos um documento onde lista todos os procedimentos de Cobertura Obrigatória. Chamado de Rol de Procedimentos Cobertos, este é o documento base para afirmarmos se há ou não cobertura de algum tratamento.

Agora a resposta: Plano de Saúde Cobre Vasectomia. O procedimento foi incluído no Rol de Cobertura no ano de 2008, contanto que seja realizado com a finalidade de favorecer o planejamento familiar, também previsto em legislação específica. A legislação vigente é bem específica no caso da Cobertura de Vasectomia por Planos de Saúde.

Existem alguns requisitos que podem ser exigidos pela Operadora do Plano de Saúde para que a Vasectomia seja Coberta. Se você se encaixa dentro desses critérios, o seu Plano de Saúde cobrirá a Vasectomia. Confira:

  • Idade superior a 25 anos ou;
  • Idade entre 18 a 25 anos desde que já tenha dois filhos;
  • Capacidade civil;
  • Prescrição Médica.

Como Conseguir Cobertura de Vasectomia por Planos de Saúde?

A ANS regula também o prazo para realização da Vasectomia. A cirurgia não é realizada antes de 60 dias do pedido formal de Cobertura da Vasectomia. Durante esses 60 dias, o paciente passará por diversas palestras e conscientizações sobre outros métodos contraceptivos. É um período a fim de que o paciente possa refletir sobre sua real intenção de se submeter ao procedimento.

Geralmente, a taxa de abandono da Vasectomia é baixa, mas as operadoras costumam exigir o período.

Havendo indicação médica expressa e uma vez que o paciente preencha os requisitos de elegibilidade para o procedimento, o convênio deverá cobrir as despesas e a negativa é considerada abusiva e com uma simples liminar a situação pode ser resolvida.

Recebeu negativa de Cobertura de Vasectomia pelo seu Plano de Saúde? Fale agora mesmo com um advogado Especialista em Saúde!

 

Fale com um advogado especialista em Saúde